Inteligência Artificial

Implementar " inteligência em um robô " é uma tarefa difícil. A capacidade de uma máquina apresentar um comportamento inteligênte depende diretamente do tipo de sensores e atuadores utilizados além da quantidade deles dentro de limites.

A " Máquina Humana "  possue mais de 600 músculos ( eles são motores lineares ) e uma infinidade de sensores na pele além da capacidade da visão e audição. Os robôs tentam imitar de forma bem modesta. Se com tantos sensores e atuadores na máquina humana e mesmo assim ainda erramos com certa facilidada tropeçando em algum obstáculo ou caindo em algum buraco, etc... imagine como um robô apresenta limitações nesse sentido. A capacidade dos robôs sofisticados está cada vez maior. O uso de IA, inteligência artificial ( capacidade de aprender) tem tornado os mesmos cada vez mais inteligentes. O nosso foco aqui é mostrar outras formas simples e muito limitadas de fazer uma máquina apresentar algum nível de inteligência.

________________________

 

Os iniciantes na robótica autônoma podem implementar técnicas mais simples que simulam um certo nível de inteligência para máquinas.

Utilizando um simples LDR ( figura abaixo ), resistor dependente da luz, e uma MATRIZ matemática de uma linha e 10 elementos é possível simular um comportamento de FOTOTROPISMO para um robô.

Contate-nos